A Teoria Comunicativa da Terminologia e a sua prática

Gladis Maria de Barcellos Almeida

Resumo


A Teoria Comunicativa da Terminologia (TCT) vem se constituindo em referência teórica em grande parte das pesquisas terminologias realizadas no Brasil. Entretanto, percebe-se que, apesar de a TCT ser bastante citada em projetos terminológicos, a metodologia empregada em vários desses projetos revela uma orientação teórica muitas vezes oposta à TCT. Revisitaram-se, então, os princípios fundadores da TCT, procurando vinculá-los a uma prática terminológica coerente. Elegeu-se, como cenário ideal, a elaboração de um dicionário especializado e apresentaram-se todas as etapas metodológicas constitutivas da sua elaboração, tais como: a organização do corpus, a elaboração do mapa conceitual, o planejamento do protocolo de preenchimento das fichas terminológicas, a redação das definições, a organização do verbete e a configuração da macroestrutura. Cada uma dessas etapas foi detalhada, procurando-se fortalecer o elo entre teoria e prática no contexto da TCT, uma teoria terminológica descritiva de base lingüística. O que se conclui é que adequadas escolhas metodológicas podem tornar a prática terminológica coerente com os princípios que regem a TCT.


Palavras-chave


Teoria Comunicativa da Terminologia; Terminologia descritiva; Terminografia; Dicionário especializado;

Texto completo:

PDF