Para uma leitura semio-lingüística de "Fábula de um arquiteto", de João Cabral

Ignacio Assis Silva

Resumo


Para passar do nível da apreensão do sentido do texto para o nível da apreensão do texto como sistema de significações (como micro-universo semântico), temos de projetar a descontinuidade sobre o que se nos apresenta como continuidade. Concebendo o texto como um macro-enunciado, este artigo pretende situar, em termos semiolingüísticos, três aspectos interessantes da construção do texto, deíinindo-os em termos de homologias com aspectos da construção do enunciado: a) aspecto estrutural em sentido restrito; b) aspecto conteudístico ou semântico em sentido amplo e c) aspecto metalingüistico ou semiótico propriamente dito.


Palavras-chave


Semio-lingüística; texto/metatexto; dinâmica textual; enunciado/'macroenunciado; escritura; simulacro semiótico; simulacro discursivo; componentes narrativo, discursivo e metalingüistico;

Texto completo:

PDF