Imagens na oralidade

Ângela Paiva Dionisio

Resumo


Este artigo analisa a construção de imagens em seqüências descritivas produzidas em interações face a face por falantes analfabetos. Tomando por base o conceito de imagem apresentado por Palmer (1996) e o de seqüências descritivas proposto por Adam (1993), investiga-se como as construções lingüísticas evocam imagens mentais e como os falantes traduzem a construção de tais imagens em escolhas lexicais. Na construção do texto descritivo, a escolha lexical constitui um aspecto basilar na construção de imagens. Constatou-se que as construções lingüísticas repercutem as estruturas conceptuais que são ativadas concomitantemente em dimensões variadas, pois o conhecimento lingüístico, nos níveis gramatical, lexical e fonológico, deixa transparecer as influências culturais e expressa a visão de mundo do usuário.


Palavras-chave


Oralidade; imagens; descrição;

Texto completo:

PDF