Fóruns online na formação crítico-reflexiva de professores de línguas estrangeiras: uma representação do pensamento crítico em fases na/pela linguagem

Cibele Cecilio de Faria Rozenfeld

Resumo


Este trabalho tem como objetivo apresentar o recorte de uma investigação que focalizou a formação inicial de professores de língua estrangeira (alemão e inglês) e lançou luzes sobre os estágios obrigatórios do quarto ano, considerando a possibilidade que fóruns online de um ambiente virtual podem oferecer para a manifestação do pensamento crítico dos futuros professores. Analisamos os temas abordados e as mensagens de três fóruns, com base no conceito de pensamento crítico e no modelo teórico de Investigação Prática de Garrison, Anderson e Archer (2000, 2001). Para uma melhor compreensão das fases nas discussões dos tópicos, utilizamos o modelo dos autores, identificando também alguns marcadores discursivos característicos de cada uma delas, com base nos pressupostos da Linguística Sistêmico- Funcional (HALLIDAY, 1994) e nos tipos de movimentos conversacionais (moves) propostos por Eggins e Slade (1997). A partir dos subsídios teóricos selecionados e da análise dos dados, foi possível desenvolver um novo modelo e concluir que o fórum online pode ser considerado uma importante ferramenta para a manifestação do pensamento crítico de professores e para uma formação crítico-reflexiva, em um contexto marcado por especificidades da sociedade de informação.


Palavras-chave


Fóruns online; Pensamento crítico; Estágio supervisionado de língua estrangeira; Formação inicial de professores de línguas;

Texto completo:

PDF