A crise da modernidade no início do século XX

João Carlos Zuin

Resumo


Este trabalho propõe-se a fornecer elementos para estudar o papel dos intelectuais diante da crise da modernidade no início do século XX. Por meio desse enfoque, faço uma análise comparativa dos debates sobre o sentido da história e o sentido do papel dos intelectuais na Alemanha e na França no início da Primeira Guerra Mundial. O foco de análise foram as mudanças substanciais no sentido da missão dos intelectuais em decorrência da introdução do ideal de glória de cada nação na política mundial. Ideais de razão, ciência, cultura, liberdade e igualdade foram substituídos pelas palavras raça, sangue, poder, instintos e redenção pela guerra.


Palavras-chave


Modernidade; Intelectual; Guerra Mundial; Alemanha;

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Revista Estudos de Sociologia by Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Proibição de realização de Obras Derivadas 3.0 Unported License.