O século XIX sob o olhar machadiano

Audora Gedra Ruiz Alvarez

Resumo


O objetivo deste trabalho é o de estudar o processo de criação da paródia na crônica “O sermão do Diabo”, de Machado de Assis, examinando os expedientes de que se vale o narrador na confrontação da voz enunciativa com o discurso instituído – “O sermão do monte”, de Mateus. Observaremos que, nesse embate ideológico, forjase um espaço lúdico em que a plurissignifi cação conduz à transgressão do código pré-estabelecido e, ao mesmo tempo, promove-se a desconstrução do texto-base reconstruindo-se um ethos, em que a visão materialista do capitalismo torna-se alvo da ironia e do fino humor machadianos.


Palavras-chave


Paródia; Plurissignificação; Desconstrução; Crônica; “O Sermão do Diabo”;

Texto completo:

PDF


Indexada por: /Indexed by: 

Web of Science (Thomson Reuters)
Emerging Sources Citation Index (Thomson Reuters)
LLBA – Linguistic and Language Behavior Abstracts (Ulrichsweb: https://ulrichsweb.serialssolutions.com)
MLA – International Bibliography (Modern Language Associantion/ EBSCOhost, ProQuest)
OCLC – WorldCat - Clase and Periodica
Academic Search Alumni Edition (EBSCOhost)
Academic Seach Elite (EBSCOhost)
Fuente Academica Plus (EBSCOhost)
Dietrich’s Index Philosophicus (De Gruyter Saur)
IBZ – Internationale Bibliographie der Geistes und Sozialwissenschaftlichen Zeitschriftenliterature (De Gruyter Saur)
Internationale Bibliographie der Rezensionen Geistes und Sozialwissenschaftlicher Literatur (De Gruyter Saur)
GeoDados

ISSN: 0103-815x

Licença Creative Commons
ITINERÁRIOS - Revista de Literatura is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Proibição de realização de Obras Derivadas 3.0 Unported License.