Narrativa, poesia e hipertexto

Sérgio Luiz Prado Bellei

Resumo


Práticas literárias produzidas nessa forma de textualidade tornada possível pelo uso generalizado do computador, ou seja, em hipertexto, sofrem metamorfoses profundas, principalmente em decorrência da ênfase na dimensão espacial (em detrimento da dimensão temporal) que caracteriza o novo meio de expressão. O presente ensaio

analisa, em casos específicos de hipernarrativas e hiperpoemas, essa ênfase na dimensão espacial e a forma como tal ênfase pode afetar o leitor em seus hábitos de leitura.

 

Palavras-chave: Hipertexto. Hiperpoema. Hiperficção. Poesia concreta.


Texto completo:

PDF


Indexada por: /Indexed by: 

Web of Science (Thomson Reuters)
Emerging Sources Citation Index (Thomson Reuters)
LLBA – Linguistic and Language Behavior Abstracts (Ulrichsweb: https://ulrichsweb.serialssolutions.com)
MLA – International Bibliography (Modern Language Associantion/ EBSCOhost, ProQuest)
OCLC – WorldCat - Clase and Periodica
Academic Search Alumni Edition (EBSCOhost)
Academic Seach Elite (EBSCOhost)
Fuente Academica Plus (EBSCOhost)
Dietrich’s Index Philosophicus (De Gruyter Saur)
IBZ – Internationale Bibliographie der Geistes und Sozialwissenschaftlichen Zeitschriftenliterature (De Gruyter Saur)
Internationale Bibliographie der Rezensionen Geistes und Sozialwissenschaftlicher Literatur (De Gruyter Saur)
GeoDados

ISSN: 0103-815x

Licença Creative Commons
ITINERÁRIOS - Revista de Literatura is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Proibição de realização de Obras Derivadas 3.0 Unported License.