Melodrama bacharelesco: estilo de escrita na recepção do affaire Dreyfus

Milene Suzano de Almeida

Resumo


O objetivo inicial da pesquisa que este artigo sintetiza foi investigar se a história do caso Dreyfus – na qual o ofi cial judeu Alfred Dreyfus foi injustamente acusado de crime de traição à pátria – teria estimulado os escritores brasileiros. Porém, por aqui, nada foi encontrado de propriamente literário, apesar da forte presença do caso nos meios de comunicação. Parti então para a análise de crônicas, artigos em revistas e outras fontes no intuito de pensar a recepção a partir de um estilo de escrita comum. Este estilo de escrita teve como fonte teórica principal o modo melodramático elaborado por Peter Brooks (1995). Feita esta primeira abordagem, buscou-se agregar um outro elemento, desta vez restrito ao universo brasileiro: um estilo bacharelesco (advindo das escolas de direito) que pareceu presente na maior parte dos textos analisados. Por fi m, tentou-se compor as características deste híbrido, denominado aqui como “melodrama bacharelesco” no intuito de pensar um todo possível da recepção do caso Dreyfus no Brasil.


Palavras-chave


Caso Dreyfus; J’accuse; Estudos de recepção; Melodrama; Bacharel; França-Brasil;

Texto completo:

PDF


Indexada por: /Indexed by: 

Web of Science (Thomson Reuters)
Emerging Sources Citation Index (Thomson Reuters)
LLBA – Linguistic and Language Behavior Abstracts (Ulrichsweb: https://ulrichsweb.serialssolutions.com)
MLA – International Bibliography (Modern Language Associantion/ EBSCOhost, ProQuest)
OCLC – WorldCat - Clase and Periodica
Academic Search Alumni Edition (EBSCOhost)
Academic Seach Elite (EBSCOhost)
Fuente Academica Plus (EBSCOhost)
Dietrich’s Index Philosophicus (De Gruyter Saur)
IBZ – Internationale Bibliographie der Geistes und Sozialwissenschaftlichen Zeitschriftenliterature (De Gruyter Saur)
Internationale Bibliographie der Rezensionen Geistes und Sozialwissenschaftlicher Literatur (De Gruyter Saur)
GeoDados

ISSN: 0103-815x

Licença Creative Commons
ITINERÁRIOS - Revista de Literatura is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Proibição de realização de Obras Derivadas 3.0 Unported License.