A canção do homem enquanto seu lobo não vem: a agitação cultural e a opção pela revolução brasileira, 1964-69

Marcelo Siqueira Ridenti

Resumo


O texto analisa o florescimento cultural brasileiro dos anos 60, como ele brotou do movimento contraditório da sociedade, e como ajudou a forjar setores sociais críticos da ordem estabelecida pela ditadura militar após 1964, alguns dos quais chegaram ao extremo da luta armada.

Palavras-chave


Cultura brasileira; anos 60; intelectuais; revolução; esquerda; guerrilha; ditadura militar.

Texto completo:

PDF


E-ISSN: 1984-0241
ISSN: 0101-3459