Quem procura a polícia e para quê? Análise de boletins de ocorrência em Porto Alegre

Acácia Maria Maduro Hagen, Aida Griza

Resumo


O objetivo principal do presente trabalho é o de discutir as diferenças observadas entre diversas áreas do município de Porto Alegre quanto aos tipos de registros policiais de ocorrências, criminais ou não, efetuados nas delegacias distritais. Analisa-se, assim, a relação entre a demanda, variável de acordo com a área considerada, apresentada pela população à Polícia Civil e suas condições socioeconômicas. A variabilidade da demanda levada à Polícia Civil pela população é verificada através da comparação entre as 24 delegacias distritais do município de Porto Alegre no ano de 2005, cotejadas quanto à participação percentual de cada tipo específico de fato (ocorrência) registrado no total de fatos sob a responsabilidade de cada delegacia. A comparação foi operacionalizada através de um teste de correlação.

Palavras-chave


Polícia no Rio Grande do Sul; Crimes; Boletins de Ocorrência;

Texto completo:

PDF


E-ISSN: 1984-0241
ISSN: 0101-3459