EUA: da invenção do terrorismo à “guerra preventiva”

José Rubens Mascarenhas de Almeida

Resumo


O presente artigo analisa alguns aspectos do imperialismo estadunidense, principalmente o que diz respeito ao terrorismo estatal, partindo de feições ideológicas contidas nas políticas que dizem combatê-lo. Ressalta o papel do Estado e seus tentáculos imperial-terroristas, dentre estes as grandes corporações transnacionais e as instituições multilaterais do pós- II Guerra Mundial.

Palavras-chave


EUA; Terrorismo; Guerra preventiva; Imperialismo; Corporações transnacionais;

Texto completo:

PDF


E-ISSN: 1984-0241
ISSN: 0101-3459