A realidade do trabalho subalterno de limpeza em shopping center

Valquiria Padilha

Resumo


Este artigo trata da realidade do trabalho e das condições de vida dos trabalhadores subalternos que se ocupam da limpeza de um shopping center, no interior paulista. Consideram-se duas dimensões nesta análise: uma objetiva (condições de vida, condições de trabalho, organização do trabalho e relações de trabalho) e outra subjetiva (vivência do trabalho subalterno e da humilhação). Estes fatores são analisados a partir das vozes de duas trabalhadoras com quem se utilizou a técnica de conversação demorada, no âmbito de uma pesquisa qualitativa. Suas narrativas evidenciam uma distância entre as condições de trabalho e a experiência de uma vida digna, pois este trabalho terceirizado exige muito tempo, dedicação, esforço físico e emocional, oferecendo baixa remuneração sob um sistema de mando entremeado por humilhação social.

Palavras-chave


Realidade do trabalho; Trabalho subalterno; Precarização; Terceirização; Shopping center; Humilhação social; Trabalhador de limpeza;

Texto completo:

PDF


E-ISSN: 1984-0241
ISSN: 0101-3459