A ética de mercado na produção noticiosa do jornal Folha de S. Paulo

Antonio Teixeira de Barros

Resumo


Analisa-se a produção noticiosa da Folha de S. Paulo-FSP, com ênfase para a aplicação do conceito de notícia do jornal e do Projeto Folha, em sua prática atual. Detectam-se as principais formas de falseamento da informação. Adota-se a concepção crítica de notícia, englobando conceitos que a consideram como informação transformada em mercadoria. Pressupõe-se, basicamente, que tanto o conceito de notícia da FSP como os critérios de produção noticiosa do Projeto Folha constituem, essencialmente, estratégia de marketing, atrelada à ética de mercado que rege o jornal. Empregam-se as técnicas de pesquisa documental e análise de conteúdo. Utiliza-se amostra constituída de 12 edições da FSP, no período de 1 a 12 de abril de 1992. Confirma-se, parcialmente, a pressuposição básica. Identificam-se, como principais formas de manipulação: "espetacularização", "fragmentação", "personalização" e "política do destaque e da supressão da informação".

Palavras-chave


Sociologia da comunicação; Organização capitalista da imprensa; Imprensa e capitalismo; Deformação da notícia; Folha de S. Paulo; Projeto Folha; Sociology applied to comunication; Capitalist organization of the press; The press and capitalism

Texto completo:

PDF


E-ISSN: 1984-0241
ISSN: 0101-3459