O sistema político, partidário e eleitoral do Uruguai

Samuel Decresci

Resumo


A República Oriental do Uruguai é tida por muitos como pioneira entre as nações latino-americanas a modernizar seu Estado e sua política. Desde a passagem do século XIX para o XX, os atores políticos uruguaios operam mudanças significativas, tais como a separação entre Estado e igreja, regulação trabalhista, Lei de divórcio, voto feminino etc. Em razão disso e da progressiva modernização, foi chamada de a “Suíça das Américas”. Atualmente, ela ainda se destaca nessa matéria por regularizar aborto, casamento homo-afetivo, liberalização e acesso à maconha. Ademais, digno de nota que tais medidas foram conseguidas muito em função da governabilidade que o executivo desfruta em meio àquele sistema político. Logo, este trabalho tem como objetivo analisar tal sistema político uruguaio. Em síntese, um sistema político é compreendido pelo regime de governo, pelo sistema eleitoral e pelo sistema partidário. Dito isso, serão analisados, no cenário político daquele país, suas características, suas regras partidárias e eleitorais, os partidos políticos, a dinâmica partidária e as relações entre os poderes.


Palavras-chave


Sistema político; Sistema eleitoral; Uruguai; Presidencialismo; Partidos;

Texto completo:

PDF


E-ISSN: 2358-4238
ISSN: 2238-359X