Comunicação da equipe interdisciplinar na assistência aos pacientes cirúrgicos

Helena Bazanelli Prebianchi

Resumo


O prontuário do paciente é uma das formas de comunicação entre os membros da equipe interdisciplinar. Objetivou-se analisar os prontuários de pacientes submetidos à cirurgias eletivas, no período de outubro de 2014 a fevereiro de 2015. Foi realizada uma pesquisa documental incluindo 29 prontuários. Os resultados mostraram que todos os prontuários eram em preenchidos manualmente; 22 continham a assinatura do médico responsável; 27 continham o Termo de Consentimento; o registro de Evolução Multidisciplinar foi realizado em 18 prontuários, englobando diferentes áreas; as notas psicológicas foram redigidas de modo claro, mas faltavam informações sobre a subjetividade. Discutiu-se que se o registro no prontuário é escasso e inadequado à segurança do paciente, da instituição e da equipe ficam comprometidas e há dificuldade para mensurar os resultados assistenciais. Concluímos que os profissionais da equipe mantêm o caráter de especialistas, com forte delimitação do seu papel individual graças à distorção da lógica da interdisciplinaridade.


Palavras-chave


Paciente cirúrgico. Equipe interdisciplinar. Prontuário. Psicólogo. Hospitalar.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, F. F.; ADERSON, C. C.; COSTA JUNIOR, L. Prontuário psicológico orientado para o problema: um modelo em construção. Psicologia: ciência e profissão, 28 (2), 430-442, 2008.

AZEVEDO, F. M.; THOMAS, C. V. Registro psicológico em prontuário. Revista da Sociedade Brasileira de Psicologia Hospitalar, 5 (1/2), 26-28, 2002.

BROERING, C. V.; CREPALDI, M. A. Preparação psicológica e o estresse de crianças submetidas a cirurgia. Psicologia em Estudo, Maringá, 16 (1), 2011.

CALVETTI, P. U.; FIGHERA, J.; MULLER, M. C. A bioética nas intervenções em psicologia da saúde. PSIC. Revista de Psicologia da Vetor Editora, 9 (1), 115-120, 2008.

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA. Resolução no.1638/2002, de 10 de julho de 2002. Define prontuário médico, responsabilidade médica e criação de Comissão de Revisão de Prontuário Médico. Disponível em http://www.protalmedico.org.br/resolucoes/dfm/2002/1638_2002.htm. Acesso em: 29 mar. 2015.

DALL’AGLIO, J. S.; MARTINS, Z. Avaliação e dados de Prontuários do Módulo Urgência e Emergência do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia. Revista da Católica, 3 (5), 1-16, 2011.

DESLANDES, S. F. Frágeis Deuses: profissionais da emergência entre os danos da violência e a recriação da vida. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2002.

FERRACINI, A.; PREBIANCHI, H. B. (no prelo). Psicoprofilaxia cirúrgica de pacientes infantis e adolescentes: percepção dos médicos. Psicologia em Revista.

GAZOTTI, T. C.; PREBIANCHI, H. B. Caracterização da interconsulta psicológica em um hospital geral. Psicologia: Teoria e Prática, 16 (1), 18-30, 2014.

GIOIA-MARTINS, D. F.; ROCHA, A. J. Psicologia da saúde e o novo paradigma: novo paradigma? Trabalho apresentado no I congresso de Psicologia clínica, São Paulo, Brasil.

JUAN, K. Psicoprofilaxia cirúrgica em urologia. Psicologia Hospitalar (São Paulo), 3 (2), 1-10, 2005.

KLÜCK, M. M.; GUIMARÃES, J. R. Prontuário de pacientes: finalidades, preenchimento e questões éticas e legais. In: BARROS, E.; ALBUQUERQUE, G.; PINHEIRO, C.; CZEPIELEWSKI, M. A. Exame clínico. Consulta rápida. Porto Alegre: Artmed, 2014.

MESQUITA, A. M. O.; DESLANDES, S. F. A construção dos prontuários como expressão da prática dos profissionais de saúde. Saúde e sociedade, 19 (3), 664-673, 2010.

NASCIMENTO, A. L.; ANDRADE, M. G.; ASSED, A. M. P.; BRASIL, M. A. A. Um modelo para o parecer psiquiátrico no hospital geral. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, 55(2), 102-107, 2006.

SAMPAIO, A. C.; SILVA, M. R. Prontuários médicos: reflexo das relações médico-paciente. Revista Bioética, 18(2), 451-468, 2006.

SILVA, F. G.; TAVARES-NETO, J. Avaliação dos prontuários médicos de hospitais de ensino do Brasil. Revista Brasileira de Educação Médica, 31 (2), 113-126, 2007.

TURRA, V.; COSTA JUNIOR, A. L.; ALMEIDA, F. F.; DOCA, F. N. P. Contribuições da Psicologia na atenção ao paciente cirúrgico: uma análise da literatura. Com. Ciências Saúde, 22(4), 353-366, 2011.




DOI: https://doi.org/10.26673/rtes.v13.n1.jan-jun2017.11.9471

ISSN: 1517-7947

ISSN Eletrônico: 2526-3471 

Prefixo DOI: 10.26673

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.