O portfólio como uma estratégia de aprendizagem na formação dos profissionais de saúde

Marta Fuentes-Rojas

Resumo


O objetivo foi utilizar o portfólio como uma estratégia de ensino para promover a participação e a reflexão de temáticas da área da saúde coletiva e da educação em saúde. Permite desenvolver no aluno habilidades reflexivas, motiva a busca de novas formas de apreender. O professor vai além da verificação de aprendizagem, solicita maior atenção, oferece novas indagações e aponta prioridades na aprendizagem. Participaram desta estratégia, 120 alunos de duas disciplinas da saúde coletiva. Observou-se no início da atividade, resistência dos alunos ao exigir maior participação, envolvimento, criatividade e responsabilidade. Em relação à contribuição para a área, mostrou a importância de criar espaços onde se promova a reflexão e o portfólio possibilitou o seu exercício, o envolvimento de todos, a avaliação de todo o processo, assim como, ajudou a desenvolver habilidades de organização, cuidado com os detalhes, rever na pratica a convivência com o grupo e a distribuição de responsabilidades. 


Palavras-chave


Metodologia participativa. Ensino superior. Estratégia pedagógica. Portfólio.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVARENGA, G. M.; ARAÚJO, Z. R. Portfólio: conceitos básicos e indicações para sua utilização. Estudos em avaliação educacional, v.17, n.33, jan/abr, 2006.

CASTANHO, M. E. Professores de Ensino Superior da área da Saúde e sua Prática Pedagógica, Interface - Comunicação, Saúde, Educação, v.6, n.10, 2002, p.51-62.

BORGES, D. S.; TAUCHEN, G. T. Inovação no Ensino Universitário: Propostas e cenários. Anpaedsul. Seminários de pesquisa em educação na região sul, 2012.

CYRINO, E. G.; TORALLES-PEREIRA, M. L. Trabalhando com estratégias de ensino-aprendizado por descoberta na área da saúde: a problematização e a aprendizagem baseada em problemas. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 20(3):780-788, mai-jun/2006.

BEHRENS, M. A. A prática pedagógica e o desafio do paradigma emergente. R. Bras. Est. Pedag., Brasília, v. 80, n. 196, p. 383-403, set./dez, 1999.

CHUN, R. Y. S.; BAHIA, M. M. O uso do Portfólio na formação em fonoaudiologia sob o eixo da integralidade. Revista CEFAC. Out-dez/2006, 11(4):688-694.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 7ª. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1998.

FREIRE, P. Educação e mudança. Comunicação. v. 1. 29ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996. (Coleção Educação).

MASETTO, M. Inovação na Educação Superior. Interface (Botucatu), Botucatu, v.8, n.14, p.197-202, feb/2006.

RANGEL, J. N. M. O portfólio e a Avaliação no Ensino Superior. Estudos em avaliação Educacional, n.28, jul-dez/2003.

RODRIGUES, M. F. de C. C. C. Portfólio: Estratégia formativa e de reflexão na formação inicial em educação de infância. Mestrado em Ciências da Educação. Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação. Dissertação. 2009.

ROGERS, C. Sobre o poder pessoal. 4ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

ROGERS, C. Liberdade de aprender em nossa década. 2ª ed. Porto Alegre: Artes médicas, 1986.

TANJI, S.; DANTAS da SILVA, C. M. S. L. M. As potencialidades e fragilidades do portfólio reflexivo na visão dos estudantes de enfermagem. Rev. Enferm. UERJ, Rio de Janeiro, jul-set/2008, (3):392-8.

VIEIRA, M. L.; DE SORDI, M. R. L. Possibilidades e Limites do uso do portfólio no trabalho pedagógico no ensino superior. Revista e-curriculum, São Paulo, v.8 n.1 abril 2012.

VILLAS BOAS, B. M. de F. Portfólio, avaliação e trabalho pedagógico. Campinas: Papirus, 2008.




DOI: https://doi.org/10.26673/rtes.v13.n1.jan-jun2017.5.9607

ISSN: 1517-7947

ISSN Eletrônico: 2526-3471 

Prefixo DOI: 10.26673

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.