A política de saúde no Brasil: inserção do assistente social e alguns desafios da atualidade

Viviane Moura da Silva

Resumo


Neste artigo discutiu-se sobre a construção das Políticas Sociais no Brasil, a efetivação dessas políticas para a garantia dos direitos da população e como esses direitos têm perdido legitimidade nos processos de implementação do Neoliberalismo, reforma do Estado e crise do capital que tem se vivenciado nas últimas décadas no Brasil. Por fim, como objetivo principal abordou-se a inserção dos Assistentes Sociais nesse espaço, a importância da construção de uma rede de atenção voltada à saúde da mulher e da família e aos desafios enfrentados pelos profissionais que trabalham na perspectiva de garantia desses direitos.


Palavras-chave


Política de saúde. Assistente social. Contrarreforma estatal.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Lei 8.662/93 de 13 de março de 1993. Lei de regulamentação e Código de Ética do Assistente Social. Disponível em . Acesso em: 08 nov. 2014.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Oficina de qualificação do NASF / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. – Brasília: Ministério da Saúde, 2010.

BRASIL. Resolução CFESS n.º 383/99 de 29/03/1999. Parâmetros para a atuação do Assistente Social na saúde. Disponível em . Acesso em: 08 out. 2014.

BRAVO. Maria Inês de Souza. Serviço Social e reforma sanitária: lutas sociais e práticas profissionais. 2 ed. São Paulo, Cortez, 2007.

FALEIROS, Vicente de Paula. A política social do estado capitalista. 8 ed. São Paulo, Cortez, 2000.

LOBATO, Lenaura de V. C. Seguridade Social e Saúde. In: Serviço Social e Saúde Coletiva: reflexões e práticas. Luciana Patrícia Zucco (org.). Rio de Janeiro, Gramond, 2012.

NOGUEIRA, Vera Maria R.; MIOTO, Regina Célia T. Desafios atuais do SUS e as exigências para os Assistentes Sociais. In: Serviço Social e Saúde: formação e trabalho profissional. Ana Elizabeth Mota (org.). 2 ed. São Paulo: OPAS, OMS, Ministério da Saúde, 2007. Ed. Cortez.

OLIVEIRA, Rodrigo F. A contra-reforma do Estado no Brasil: uma análise crítica. In: Revista Urutaguá-acadêmica multidisciplinar-DCS/UEM. 2011. Diponível em . Acesso em: 11 out. 2014.




DOI: https://doi.org/10.26673/rtes.v13.n1.jan-jun2017.7.9882



Temas em Educ. e Saúde, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN 2526-3471, ISSN 1517-7947

Prefixo DOI: 10.26673/rtes

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.